CRÍTICA AO COMPROMISSO DA EDUCAÇÃO COM O SUJEITO:

- Não se deve valorizar o saber prévio do aluno

- O professor deve ensinar e o aluno deve aprender

- O tradicional deve ser valorizado e não o revolucionário

- Não se deve "construir" o pensamento em sala de aula

- A escola deve ser despolitizada

- A realidade do aluno não importa, importa sim transformar o senso comum, ensinar a racionalidade

 

   QUAL O PERFIL HUMANO QUE SE TEM EM VISTA COM ESTE TIPO DE EDUCAÇÃO?

    QUAL PROJETO SOCIAL SE TEM EM VISTA COM A FORMAÇÃO DESTE TIPO DE PERFIL HUMANO?

Optou-se por este vídeo por representar certo tipo de pensamento sobre educação. NÃO HÁ qualquer busca de relacionar este tipo de educação com a Igreja católica, mesmo porque, atualmente, prevalece outro pensamento educacional neste meio.
Este tipo de pensamento educacional encontra-se (ainda) em outras esferas sociais: família, escola, universidade, partido, mídia, etc.
Alguns professores de história também pensam desta forma, entendendo que uma educação para a transgressão é pautado na destruição do capitalismo, indisciplina, rebeldia sem causa.
A ideia é de que há interesses excusos em propagar o "marxismo cultural" ou o "ideário gramsciano". 

EDUCAÇÃO PARA FORMAR O SUJEITO CRÍTICO:
- Pergunta-se sobre QUEM É O ALUNO, o que ele pensa e o que ele quer
- Parte dos saberes do aluno para a construção do conhecimento
- O professor deve dar consições para o aluno pensar sozinho
- A escola é um ambiente em que se discute política (mas não é partidária)
- O professor não é mero expositor do conhecimento e o aluno não é agente passivo do conhecimento

   QUAL O PERFIL HUMANO QUE SE TEM EM VISTA COM ESTE TIPO DE EDUCAÇÃO?
    QUAL PROJETO SOCIAL SE TEM EM VISTA COM A FORMAÇÃO DESTE TIPO DE PERFIL HUMANO?